• Policial

    Alerta! Usando o número (98 9144 6592) golpistas tentam se passar pelo prefeito Paulo Curió

    Esse tipo de golpe tem acontecido com frequência em todo o país, desta vez o prefeito de Turilândia, Paulo Curió, também também se tornou vitima de golpista, nesta terça-feira (24), o prefeito em suas redes sociais anunciou que o número (98) 9144 6592 está sendo usado por criminosos tentando se passar por ele.
    “ATENÇÃO AMIGOS!
    Pessoas inescrupulosas estão contactando amigos e usando um outro número (98 9144 6592) tentando se passar por mim. Já alertamos a polícia e prestamos Boletim de Ocorrência contra os golpistas, mais uma vez quero deixar claro que o número supracitado não é meu”.

    Mulher é presa pela Polícia Civil pelo crime de homicídio contra seu companheiro em Santa Inês

    Nas primeiras horas do último sábado (21), a Polícia Civil do Maranhão, prendeu uma mulher, suspeita de matar seu companheiro a facadas na cidade de Santa Inês. A prisão foi executada pela 7º Delegacia de Regional do município.

    Após autoridade Policial tomar conhecimento do crime, polícias civis diligenciaram até o local, onde deparou -se no momento, com a mulher ao lado do corpo de seu companheiro. Durante diversas oitivas realizada pela equipe de investigadores, a suspeita vinha atribuindo a responsabilidade do ocorrido á uma terceira pessoa, mais através do processo investigativo que pesava contra ela, logo confessou a sua autoria do crime.

    A mulher presa e conduzida para Delegacia Regional de Santa Inês, onde foi autuada em flagrante pelo crime de homicídio. Após as formalidades legais na delegacia, a mulher foi encaminhada a unidade prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

    PRF apreende 312 kg de cocaína na região sul do Maranhão

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou mais uma grande apreensão de cocaína na região sul do Maranhão. Horas depois da interceptação de 128kg do entorpecente em Balsas/MA na última quarta-feira (18), uma equipe de policiais rodoviários federais em serviço na BR-230 km 472, em Riachão/MA, flagrou um caminhão com 184,1kg de cocaína divididos em 101,9kg de pasta base e 82,2kg de cloridrato de cocaína.

    Já era noite de quarta-feira quando uma equipe da PRF, por volta das 22h, abordou um caminhão Mercedes-Benz. Durante a abordagem de rotina, os policiais perceberam que o condutor do caminhão possuía CNH categoria AB, o que impedia este de conduzir o veículo que exige categoria C, pelo menos. Ainda durante a fiscalização, a equipe percebeu um odor muito forte e característico de entorpecente na cabine do veículo.

     

     

    Foi então que os PRFs encontraram uma grande quantidade de tabletes de cocaína no compartimento de bagagem atrás dos bancos da cabine. O envolvido confessou já ter sido preso pelo crime de tráfico de drogas, mas se negou a dizer a origem e destino do atual carregamento.

    Esta é a segunda grande apreensão realizada pela PRF em menos de 24 horas na região sul do Maranhão. Pela manhã, a PRF apreendeu 128kg de cocaína em Balsas, havendo a possibilidade de as duas ocorrências estarem relacionadas. Ambos os casos foram encaminhados à Polícia Civil de Balsas.

    No total, o golpe no narcotráfico chega a R$ 44,5 milhões com a as duas apreensões.

    Trator roubado na cidade de Olinda Nova do MA é recuperado pela policia militar

    Uma operação conjunta do 15º BPM (Bacabal) e 23º BPM (São Mateus do Maranhão), na manhã da segunda-feira (16), na cidade de Alto Alegre do Maranhão recuperou um trator (tipo pá-carregadeira, modelo Volvo L.90 PC-35), que havia sido roubado no último dia 9 na cidade de Olinda Nova do Maranhão.

    O trator avaliado em mais de R$ 1.200.000,00, foi encontrado dentro de um caminhão tipo Volvo, de placas GVP-7472, de Castanhal (PA), totalmente adaptado para esse tipo de roubo. O trator foi roubado no final da noite do último dia 9, na cidade de Olinda Nova-Ma. Desde então policiais militares do 15º BPM já vinham monitorando o mesmo, que inclusive o veículo Volvo que conduzia o trator chegou a ficar parado por alguns dias em dois postos de gasolina.

    O primeiro em Bacabal e o segundo na cidade de Alto Alegre do Maranhão, onde foi localizado, os dois postos situados no perímetro rural dos municípios. No ato do roubo, os bandidos ainda neutralizaram um localizador (rastreador), porém, o trator possuía dois localizadores, o que facilitou o trabalho dos policiais militares. Na busca por imagens de circuitos a equipe de inteligência do 15° Batalhão fez buscas nas possíveis rotas de fuga.

     

     

    Dessa forma foram feitas barreiras nas proximidades, sendo que a barreira feita em Caxuxa, composta pela equipe do COSAR do 15° BPM foi acionada para dar apoio a equipe de inteligência que havia localizado o veículo suspeito no posto Maracanã.

    Um veículo, tipo Nissan Frontier, estaria dando apoio ao condutor da Volvo, que estava totalmente fora dos padrões, com uma carroceria em tamanho desproporcional, inclusive equipado com uma rampa, o que provavelmente caracteriza que já teria sido usado para outros tipos de delitos. A numeração do chassi, também não era compatível com a numeração do motor do veículo. O proprietário do trator já esteve na delegacia Regional de Polícia Civil para receber o seu bem móvel. A polícia investiga agora a procedência do caminhão, modelo Volvo, que fazia o translado do trator.

     

     

    Do roubo

    O roubo aconteceu no final da noite do dia 9 de maio. O trator que era utilizado para reparos na MA-014, pertencente a empresa Edeconsil, estava no depósito onde eram guardados os maquinários da usina de asfalto. Vários funcionários foram detidos e amarrados. Em seguida os bandidos fugiram pela MA, sem deixar pistas. A polícia foi acionada, fez várias diligências à época, porém, sem êxito.

    Somente na manhã do dia 16, as equipes da Polícia Militar do 15° Batalhão com apoio do 23° BPM, conseguiram recuperar o veículo, ou seja, o  trator roubado da empresa Edeconsil e a carreta com chassi adulterado.

     

    “Operação Occultus”: Polícia Civil prende dois homens por aliciar jovens à participarem de rituais com atos criminosos em Vitória do Mearim

    Nesta quarta -feira (18), a Polícia Civil do Maranhão, deflagrou a ‘Operação Occultus” onde resultou em três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão em desfavor de dois homens que aliciava jovens à participarem de rituais como ato criminoso, em Vitória do Mearim. A execução do trabalho de investigação foi realizado pela Delegacia de Polícia Civil do município, com apoio operacional do Grupo de Pronto Emprego (GPE), Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e da 6ª Delegacia Regional de Viana.

    Durante as investigações policiais, identificou -se a participação dos suspeito, em atos de diversos crimes, bem como, aliciamento de menores de idade, envolvimento em organização criminosa, aonde jovens estariam praticando rituais com seguimento criminosos através de utilização de usos de drogas ilícitas, consumo de bebidas alcóolicas, e a praticidade de ação sexuais entre os participantes do grupo.

    De acordo com as autoridades, os presos já estavam sendo investigados, por conter restrições na Polícia, como à prática de diversos crimes no município. Além de associação criminosa, os suspeito tinham envolvimento por induzimento de levar  pessoas  ao suicídio, ao charlatanismo, a violação sexual mediante fraude, compartilhamento de drogas com menores de idade, ministrar bebidas alcóolicas para para crianças e adolescentes, além de outros crimes que estão sendo apurados pela delegacia da cidade de Vitória do Mearim.

    Após a polícia Civil realizar  o balanço dos diversos crimes praticados pelo os suspeitos, investigadores diligenciaram rondas e conseguiram localizar, e prender os dois homens que de imediato, foram encaminhados para a delegacia. Na ocasião, a polícia apreendeu 02 computadores, 02 notebooks, 02 tabletes, 11aparelhos celulares, pen drives, vários cadernos de anotações, e demais provas que serão analisada pela equipe de investigação da Polícia Judiciária.

    Na Delegacia Regional de Vitoria do Mearim foram feitas as devidas oitivas, logo após os procedimentos legais, os detidos foram recambiados para unidade prisional de Viana, onde permanecerão à disposição da Justiça.

    Bandidos assaltam Armazém Paraíba, capotam veículo e ficam feridos em troca de tiro com a PM em Arari

    Três assaltantes ficaram feridos em troca de tiros com policiais militares, na manhã desta segunda-feira (16), após um assalto ao Armazém Paraíba, na cidade de Arari, a 175 km de São Luís.

    Os assaltantes foram identificados como Reinaldo Carneiro Brasil, de 21 anos; Guilherme Pereira Barroso, de 19 anos; e um adolescente, de 17 anos.

    Pelas informações da PM, por volta das 9h, três assaltantes, armados com duas pistolas e um revólver, renderam os funcionários do estabelecimento comercial e anunciaram o assalto.

    Na ação criminosa, eles levaram uma quantia em dinheiro, vários aparelhos telefônicos de diversas marcas e caixas de som.

    Após o crime, os criminosos empreenderam em direção à cidade de Vitória do Mearim, em um veículo VW Fox, de cor prata, sendo avistados pelas guarnições.

    Durante a perseguição, os criminosos capotaram o veículo e adentram uma área de mato no acostamento. Eles ainda atiraram contra os policiais, que revidaram e alvejaram os três.

    Os policiais prestaram socorro e os levaram para o Hospital Municipal Jorge Oliveira, em Arari.

    Após atentimento no hospital, os presos, juntamento com o sprodutos apreendidos, foram apresentados na Delegacia Regional de Viana para autuaçõa em flagrante.

    Ainda segundo a PM, os tês assaltantes têm passagem pela polícia por prática de outros crimes. Eles são residentes nas cidades de São Mateus e Santa Inês.

    Via: Agora Santa Inês.

    Homem é morto a pauladas pelo próprio enteado em Imperatriz

    Um homem, identificado como Ronaldy Lima Ferreira, de 35 anos, foi morto a pauladas no domingo (15), em Imperatriz, e tendo como principal suspeito o próprio enteado, nome não revelado.

    De acordo com a polícia, o suspeito presenciou a sua mãe sendo agredida fisicamente por Ronaldy Lima e tentou intervir. Durante a briga, Ronaldy Lima ainda teria pego uma faca para golpear o enteado.

    Com receio de ser esfaqueado, o suspeito desferiu uma paulada na cabeça do padrasto e, logo após, fugiu. Os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e constataram a morte da vítima.

    O corpo de Ronldy Lima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) dessa cidade. Segundo a polícia, na segunda-feira (16), o suspeito se apresentou na delegacia onde prestou esclarecimentos sobre o caso.

    Por: Hyana Reis.

    Três pessoas são resgatados de trabalho escravo em Balsas

    Em força tarefa realizada esta semana, três trabalhadores foram resgatados de condições semelhantes à escravidão em uma carvoaria na cidade de Balsas (MA). A operação contou com a participação do Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA), Auditoria-Fiscal do Trabalho (Ministério do Trabalho e Previdência) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

    Organizada pela Coordenadoria Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (Conaete), a operação começou na segunda-feira (9) e foi concluída na quinta (12), e teve como principal objetivo apurar denúncia de trabalho escravo numa carvoaria localizada na zona rural de Balsas.

    Problemas nos alojamentos e frentes de trabalho

    De acordo com o procurador-chefe do MPT-MA, Luciano Aragão, presente na operação, foram encontradas inúmeras irregularidades nas frentes de trabalho e nos dois alojamentos utilizados pelos resgatados. Em um deles, parte das paredes era de adobe (tijolos artesanais feitos com terra, palha e água), não havia porta e a cama improvisada estava com o colchão apoiado sobre um pedaço de madeirite e tijolos. No outro alojamento, o teto era de palha, não havia paredes e portas e os empregados dormiam em redes. Não havia instalações sanitárias, o que os obrigava a utilizar o mato para as necessidades fisiológicas.

    “Constatou-se que os trabalhadores foram submetidos à trabalho em condições análogas à escravidão, especialmente em razão dos alojamentos não possuírem condições minimamente adequadas, o que impede o descanso e o convívio social e familiar, acarretando graves prejuízos à saúde do trabalhador “, ressalta o procurador-chefe.

    Água imprópria para consumo

     

     

    Segundo o relatório do MPT-MA, as refeições eram preparadas em fogareiro a lenha, em condições precárias de higiene. A água disponibilizada para consumo e preparo dos alimentos provinha de um poço e apresentava forte cor amarela e barrosa com crostas de resíduos em sua superfície, evidenciando que não se trata de água potável. “Essa água é consumida diretamente pelos trabalhadores sem passar por qualquer tratamento, filtragem ou processo de fervura. Sequer havia filtro no local”, lamenta Luciano Aragão.

    Na carvoaria, a força tarefa encontrou outras irregularidades nas frentes de trabalho dos fornos e de corte de madeira. Não havia instalação sanitária, lavatório, local para refeição e descanso, nem água para limpeza e higienização e materiais para prestação de primeiros socorros. Equipamentos de proteção individual (EPI) não foram disponibilizados a todos os trabalhadores.

    Acúmulo de funções e jornada exaustiva Um dos empregados acumulava quatro funções na carvoaria: era forneiro (responsável por encher e esvaziar os fornos), carbonizador (cuida do processo de queima da madeira até produzir o carvão), embalador do carvão (ensaca o produto para comercialização) e vigilante. Ele tinha que ir aos fornos a cada duas horas, inclusive durante a noite, configurando jornada exaustiva, uma das características do trabalho escravo.

    “Ficou clara sua submissão à jornada exaustiva, especialmente por conta da necessidade de trabalho sem horário para descanso e repouso durante o período em que realizada a carbonização da lenha; que a jornada exaustiva é agravada pela remuneração por produção”, observa Luciano.

     

     

    Uma das vítimas afirmou que trabalhava sem carteira assinada e que solicitou ao empregador melhores condições de alojamento. “Eu pedi muito para ajeitar o local, inclusive propus que comprasse o material que eu mesmo faria as melhorias”, explica a vítima.

    Assinatura de TAC e pagamento

    Após o resgate, foram realizadas audiências com o empregador, que efetuou o pagamento das verbas rescisórias aos trabalhadores, e firmou um termo de ajuste de conduta (TAC) com o MPT-MA, com pagamento de dano moral coletivo de R$ 50 mil reais e compromisso de corrigir as irregularidades encontradas durante a operação.

    Informações: MA 98.

    PRF apreende carregamento de drogas avaliado em R$ 33 milhões em Santa Inês

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma grande apreensão de pasta base de cocaína nesta terça-feira (10), em Santa Inês. No km 366 da BR-222, os policiais rodoviários federais flagraram 260 tabletes do entorpecente, totalizando 276,38 quilos. Em valores monetários estima-se que o valor da droga é de cerca de aproximadamente R$ 33 milhões.

    Durante abordagem de rotina, a equipe de policiais desconfiou da atitude do condutor do veículo, que apresentou grande nervosismo e não soube explicar a presença de dois conjuntos roda-pneu no compartimento de carga, supostamente de máquinas agrícolas.

    Ao se desvencilhar as rodas dos pneus, os policiais encontraram os tabletes do entorpecente, que no mercado ilegal é utilizado para a fabricação de outras drogas como crack, merla e cloridrato de cocaína ou ainda ser consumido em seu estado de pasta base.

    Diante dos fatos e do reconhecimento da traficância pelo condutor do veículo, a equipe da PRF deu voz de prisão ao envolvido e o encaminhou juntamente com veículo e o produto do crime para a Delegacia da Polícia Federal, pelo crime de tráfico de drogas.

    A quantidade de droga apreendida é o triplo da última grande apreensão deste tipo de entorpecente, quando os PRFs flagraram na região dos cocais pouco mais de 100 quilos de cocaína.

    Adolescente tenta incendiar a casa da própria mãe em Imperatriz

    Uma operação da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), interveio em uma tentativa de incêndio, no bairro Bacuri, em Imperatriz. Um adolescente ameaçou atear fogo no imóvel em que morava com a própria mãe.

    De acordo com informações da PM-MA, o jovem teria iniciado uma discussão, em casa, com a mãe, quando começou a quebrar alguns objetos do local. O adolescente também é suspeito de tê-la agredido, instantes antes de se dirigir a um estabelecimento e comprar gasolina, para tentar atear fogo na residência.

    Ao retornar para casa, o adolescente, também portando um isqueiro, teria aberto o gás de cozinha e despejado gasolina nas dependências do local. Após denúncias de testemunhas, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se dirigiram até a residência e mediaram a situação com o adolescente, que se entregou. O suspeito foi encaminhado para o Hospital Municipal de Imperatriz, para receber atendimentos psicológicos.

    Por: Hyana Reis.